Saiba quais as 10 Capacidades Físicas que os praticantes de Crossfit Desenvolvem

Quem anda nisto do crossfit sabe que a filosofia é treinar movimentos funcionais que são transportados para o nosso dia-a-dia, desde carregar sacos de compras, subir escadas, ou mesmo levantar pesos do chão. A filosofia do crossfit é trabalhar todos os grupos musculares e também as articulação do corpo, e não trabalhar grupos musculares isolados à imagem do que acontece na musculação.

capacidades fisicas crossfit

Esta metodologia tem por base uma mistura de fundamentos de algumas modalidades desportivas, tais como o atletismo, o levantamento de peso e ginástica olímpica. O seu objetivo está no desenvolvimento das capacidades físicas totais do ser humano, tais como a capacidade cardiorrespiratória, da resistência muscular, da força, da flexibilidade, da potência, da velocidade, da agilidade, da coordenação, do equilíbrio e da precisão.

As 10 capacidades físicas desenvolvidas pelo Crossfit

Desenvolvimento cardiorespiratorio 

O crossfit é uma modalidade em que executam várias repetições a alta intensidade, logo a capacidade aeróbia aumenta. À medida que esta capacidade vai aumentando, também aumenta a capacidade que os atletas têm em aguentar os exercícios aeróbios por um período maior de tempo. O atleta vai sentindo o seu desempenho a melhorar nas corridas, nos double unders, nos box jumps, que são alguns dos exercícios do crossfit que potenciam a capacidade aeróbia. Ao aumentar significativamente a capacidade cardiorrespiratória, vai também por consequência conseguir aumentar o seu desempenho nos vários exercícios de crossfit.

Resistência muscular

Os exercícios de levantamento de pesos e os de ginástica colocam muita tensão nos músculos, que pode ser continua ou variável. Quando a tensão é colocada em várias repetições num determinado período de tempo, esta provoca um aumento da resistência muscular. A carga a utilizar é sempre por razoes óbvias adaptada à resistência muscular de cada um. A resistência muscular é aumentada à medida que se vão aumentado as cargas e as repetições nos exercícios, bem como no tempo de cada exercício. Um bom exemplo de exercício onde é preciso bastante resistência muscular são os overheads squats e os power snatchs.

Overhead Squat

Força

A força é medida pela quantidade máxima de tensão que os músculos produzem em cada exercício, o movimento deve ser sempre realizado com o máximo de cuidado e com cargas adaptadas à resistência muscular de cada um. O peso e a velocidade nos exercícios só têm efeitos práticos se a componente técnica for bem realizada, exercícios em que por norma os atletas conseguem realizar com mais carga (front squat, back squat, deadlift), a grande preocupação deve ser realizar o exercício corretamente. Com a técnica e postura corretas para evitar o risco de contrair uma lesão. Por isso é que não me canso de referir nos vários artigos que tenho escrito, o acompanhamento de um coach é fundamental para a execução correta dos exercícios.

Flexibilidade/Mobilidade

Desenvolver a flexibilidade permite que o atleta consiga fazer movimentos com um grau de amplitude maior, para melhoras esta habilidade é necessário melhorar a capacidade funcional dos músculos e articulações. Os movimentos devem ser realizados dentro dos limites ideais que o seu corpo consegue aguentar. No crossfit na maioria dos exercícios acaba-se por trabalhar sempre um pouco a flexibilidade dos músculos. Um dos exercícios perfeitos e que se trabalha praticamente tudo (flexibilidade, mobilidade e força) são os squats.

Os famosos pistols (que eu tanto odeio) é um exemplo perfeito em que é preciso força e flexibilidade. Você até pode ter força para agachar, mas se não tiver flexibilidade para aguentar a posição vai acabar por se desequilibrar e cair. Este é um exercício em que a maioria dos iniciantes no crossfit têm grandes dificuldades, porque engloba várias capacidades ao mesmo tempo (força, flexibilidade, equilíbrio e coordenação). A flexibilidade é uma capacidade que deve ser trabalhada desde idades muito jovens, como se costuma dizer “ a idade não perdoa” e os seus músculos ao longo dos anos perdem as capacidades elásticas. Se for sempre trabalhando um pouco a flexibilidade, mesmo no seu dia-a-dia não terá grandes dificuldades para realizar algumas tarefas do cotidiano

pistols

Potência

No crossfit uma das capacidades mais trabalhadas é a potência muscular, que é a quantidade de energia, ou de uma força, aplicada por um tempo determinado, para realizar um trabalho com exercícios de intensidade alta. Como é óbvio a velocidade o peso vai sempre variar de pessoa para pessoa, a relação força/velocidade é mais visível em exercícios como o snatch, ou o power clean. Mais uma vez os squats é o exercício ideal para se trabalhar a velocidade e a potência.

Velocidade

A velocidade é uma capacidade que está diretamente ligada à agilidade, mede a capacidade que o organismo tem de se mover rapidamente num determinado período de tempo. As corridas que são realizadas nos wods de crossfit são curtas por norma (400 ou 800 metros), logo são feitas a um ritmo mais elevado e explosivo. Os atletas acabam por exercer mais força aumentando a potencia muscular, e aumentam também a capacidade aeróbia por irem a ritmos mais elevados.

Coordenação

Para se ter um maior controlo sobre o seu corpo e nos exercícios, é preciso treinar a coordenação motora do seu organismo. Os exercícios de ginástica e de levantamentos olímpicos, são ótimos para trabalhar a coordenação motora pois englobam movimentos distintos numa só sequência. É fundamental que veja o exercício sempre como um todo e não dividi-lo em partes distintas. A coordenação é uma capacidade fundamental e que deve ser bastante trabalhada, uma boa coordenação motora também potencia um melhoramento das outras capacidades do organismo, a progressão para um melhor rendimento nos exercícios será óbvia. Um dos exercícios em que uma boa coordenação motora é fundamental é nos pull ups butterfly, mas para mim o exercício do crossfit em que mais pessoas têm dificuldades de coordenação são os double unders.

Pull ups

Agilidade

A agilidade é basicamente a capacidade que as pessoas têm de alterar o posicionamento do seu corpo de forma rápida e eficiente. Para desenvolver esta capacidade é preciso realizar movimentos que englobem coordenação, equilíbrio e velocidade. A agilidade não é só a capacidade de realizar um deslocamento ou de uma mudança de direção, é sobretudo a capacidade de realizar uma mudança rápida de uma posição para outra. Os thrusters são o exemplo perfeito de um exercício onde é preciso ter boa agilidade, para transferir a energia das pernas do agachamento para os braços para finalizar o movimento elevando a barra acima da cabeça.

Equilíbrio

Um dos exercícios no crossfit em que o equilíbrio é fundamental é nos box jumps, nos box jumps é preciso equilíbrio para saltar para a caixa e voltar à posição inicial no chão sempre com o tronco direito sem o levar para a frente, e o levantamento de peso que exige a manutenção do equilíbrio do peso em relação ao corpo. Outro dos exercícios que requer muito equilíbrio são os pistols como já tinha referido anteriormente, por isso mesmo trabalhar o equilíbrio também torna-se fundamental para se aprender a compensar os desequilíbrios das forças envolvidas na estabilidade corporal, quer esteja parado ou em movimento.

Precisão de movimentos

A capacidade de realizar movimentos precisos é ótima para se trabalhar a mente, pois requer foco, atenção e concentração. Por exemplo nos wall balls é preciso estar focado e concentrado em colocar a bola no alvo na parede, outro exercício em que é preciso ter precisão de movimento são os double unders, tem que estar focado e concentrado para a corda passar 2 vezes seguidas antes de você atingir o solo.

wall balls

Para resumir um pouco aquilo que foi dito no artigo o crossfit é das modalidades mais completas, pois trabalha todas as capacidades do nosso organismo, e não apenas algumas delas à imagem de outras modalidades. Capacidades essas que o vão ajudar em alguns movimentos que você já realiza no seu dia-a-dia.

Fonte: My Box

loading...

Deixar uma resposta