No passado dia 5, 6 e 7 de abril, realizou-se o IV Madeira Cross Games. Este evento teve lugar na Praça do Povo, Funchal na Ilha da Madeira.

O Planeta Crossfit esteve na Madeira para fazer a cobertura do evento. Agradecemos desde já ao Clube Naval do Funchal e ao Igor Aguiar, pelo convite simpatia e companheirismo.

O evento prometeu e não desiludiu. Nada mais que 235 atletas inscritos provenientes de 7 países nomeadamente, Reino Unido, França, Itália, República Checa, Polonia, Suíça, Portugal continental e Ilhas sendo que do território continental estiveram confirmados 197 atletas. Segundo declarações da Vice-Presidente do CNF, Maria do Livramento Silva, o número de participantes triplicou comparativamente à primeira edição realizada em 2016, o que demonstra a “qualidade do evento e do trabalho desenvolvido pela Naval Box”.

Uma das principais características desta prova é o facto de todos os desafios serem revelados aos atletas na véspera, sendo que “não há muito tempo para definir grandes estratégias” frisou o responsável técnico. Em termos de categorias de participação os atletas foram divididos por Elite, Pro e Masters.

Esta competição, é já de participação quase obrigatória para muitos dos melhores atletas nacionais, sendo que já passaram pelo Madeira Cross Games nomes como Nádia Abreu, Joana Tomas, Pedro Bartolo, entre outros.

Relativamente a atletas de maior referência, o grande destaque para a IV edição foi a participação da vencedora do Open dos Crossfit Games Sara Pinto, que se tudo correr como o esperado, irá representar Portugal nos CrossFit Games em julho em Madison, nos Estados Unidos da América. Estamos contigo Sara! Destaque para a participação do atual campeão nacional na categoria masters, Turnino Caires, atleta madeirense da Naval Box.

 

 

Foi um evento em que os wods foram bem diversificados e intensos. Durante três dias os atletas foram testados ao máximo.

Não podíamos deixar de referenciar o wod surpresa, em que todos os participantes só tiveram conhecimento do wod no local da prova. E que local, Parque Natural do Caniçal, que a nível paisagístico é um verdadeiro culto geológico e natural, com cenários ímpares e baias recônditas

O Wod 4 disputou-se nesta paisagem maravilhosa, em que o percurso alternava com corrida, natação e subida em trilho. Mais especificamente a corrida começava no Miradouro da Ponta do Rosto, com a vertente de natação a ser realizada na Praínha, terminando com a segunda parte de corrida em trilho, na Capela da Nossa Senhora da Piedade.

Quanto aos vencedores, no feminino na categoria de Masters a vitoria foi para a Ana Mineiro, na categoria Pro, a grande vencedora foi a Ana Rita Costa, na categoria Elite a vencedora foi a Sara Pinto. No masculino, a categoria Masters teve como vencedor o Carlos Lebres, e o Filipe Alves (+40). Na categoria Pró o vencedor foi o Fábio Ladeiras, e na Elite o grande vencedor foi o Pedro Laranjeira.

A organização não quis apenas dinamizar a vertente desportiva, mas também a economia local e turismo. Para isso, muito contribuiu o facto de a competição acabar cedo, permitindo assim aos participantes conhecerem e usufruírem da maravilhosa ilha da Madeira.

Só nos resta agradecer mais uma vez ao Igor Aguiar pelo convite, e ao Clube Naval do Funchal. Queremos dar também os parabéns a todos os envolvidos na organização, desde staff, juízes, etc… a organização foi TOP. É sem duvida uma competição a voltar para fazer a cobertura, deixamos também a sugestão a todos os atletas para se inscreverem para a próxima edição, acreditem que não se vão arrepender!

Pode ver uma galeria de fotos clicando aqui: Dia 1 e 2   Dia 3

Video com um pequeno resumo do que melhor aconteceu no Madeira Cross Games

Deixar uma resposta