5 Maus Hábitos a Evitar nos Wods

Muitos atletas mesmo os mais experientes, vão ganhando alguns hábitos ao longo dos anos de treino. Muitos deles são bons, mas por norma os hábitos que se apanham mais rápido são os maus. Os coachs como é óbvio sei que tentam tirar alguns hábitos menos bons dos seus alunos, mas alguns já os têm de tal forma enraizados que os vão cometendo mesmo sendo de uma forma inconsciente. Há certos pormenores que fazem toda a diferença para melhorar a sua performance num wod, por isso mesmo se tem os hábitos que vou falar a seguir tente tirá-los, vai ver que faz toda a diferença nos Wods.

Crossfit Mistakes

1 – Tirar uma soneca na posição de push-up nos burpees

Um hábito comum que a maioria dos atletas cometem mesmo os mais experientes, é tirar “aquela soneca gostosa” na posição de pus-up em vez de subirem logo para a próxima rep. Então quando o cansaço aperta e as reps começam a aumentar as sonecas começam a ser bastante boas. O chão não é para se descansar, se precisa de fazer pausas faça-as de pé. Além que perde toda a dinâmica do movimento, você quer usar o impulso da “repercussão” do peito no chão para levá-lo para cima. Se parar no chão para descansar perde toda essa dinâmica, tente tornar as coisas mais desafiantes para si nos wods.

2 – Usar a corrida como descanso

Muitos atletas usam a parte da corrida nos wods para descansar, é óbvio que isso não tem mal nenhum. Mas quando os atletas usam a parte da corrida para fazerem apenas um jogging aí temos um problema. Já é sabido que quem pratica crossfit por norma não é muito fã de corridas, logo quando os wods têm a componente aeróbia com corrida torna-se um pesadelo para a maioria. Quando os wods têm corrida por alguma razão é, como é que se melhora a parte aeróbia se você a utiliza a corrida como forma de descanso para o restante wod? Pois é não melhora! Por isso mesmo como referi anteriormente torne as coisas mais desafiante para si e corra, não faça jogging só desta forma é que os resultados aparecem.

3 – Dançar com a barra

Quem nunca viu na sua box e nas aulas, os alunos a fazerem uma espécie de dança com a barra quando o cansaço aperta ou o peso aumenta? Com a barra no chão passam por cima dela várias vezes para a frente ou para trás, ou andam à volta dela várias vezes até se decidirem a pegar novamente na barra e continuar o wod. Isto por vezes pode durar minutos dependendo do cansaço físico e psicológico em que se encontra no momento. O que acontece quando esta dança ocorre, é que em termos psicológicos a barra e o peso já lhe estão a levar a melhor. Você tem que se recompor sem fazer esta dança e “atacar” a barra de uma forma decidida sem ter duvidas quando for pegar nela, não deixe que esta leve a melhor.

over_training

4 – Evitar as reps mal feitas

Este é um problema com que os coachs muitas vezes de deparam e tentam sempre corrigir, mas muitas vezes não há volta a dar o ego dos atletas fala mais alto. Muitos atletas por exemplo nos squats, colocam cargas bastante altas, fazem mal o movimento não baixando o centro de gravidade até onde deveriam para estar a realizar corretamente o movimento, mas mesmo assim colocam no quadro o peso que fizeram. Para quem está a treinar com essa pessoa e faz bem o movimento sabe que isso é uma falha grave. Isso pode ser irritante para muitos, por isso mesmo é que deve fazer os movimentos de uma forma correta como sempre tem feito, ganha uma melhor memória e força muscular. E não cair no erro de passar a fazer mal os movimentos só para os seus números no quadro também aumentarem.

5 – Contar as no-reps como válidas

À imagem do que referi em cima com o exemplo que dei nos squats, contar constantemente as no-reps como válidas faz com que a sua memória muscular fique também no rep. Ou seja, quanto mais você praticar alguma coisa (quanto mais repetições você faz), mais você constrói a sua memória processual no cérebro (a memória para o desempenho de determinados tipos de ação, também conhecida como memória muscular). O que permitirá que você realize movimentos mais rápidos e mais naturais com o aumento da prática. No entanto muitos atletas tem a tendência para dar como válidas as no reps realizadas em alguns movimentos (squats, toes-to-bar, pull-ups, entre outros). A razão para isto acontecer é claramente óbvia, começam a perder força nas pernas para fazer bem os squats, ou os braços começarem a falhar nos toes-to-bar e nos pull-ups. Ou porque no wod o seu companheiro de treino até está melhor e não quer ficar para trás.

Contar reps wall balls

O grande problema que este tipo de mentalidade acarreta é que obviamente está a fazer batota, não está a fazer o wod corretamente e está se a enganar em termos de evolução como atleta. Contando as no-rep como válidas, está a criar uma falsa memoria muscular (os seus músculos e articulações começam a assumir um padrão de movimento incorreto) que já expliquei em cima o que é. Se quer evoluir como atleta deixe de fazer batota.

ARTIGO PATROCINADO POR XCORE NUTRITION
CLIQUE NO SEGUINTE LINK: prozis.com/1sMq
E UTILIZE O CUPÃO: PLANETAC
PARA OBTER 10% DE DESCONTO EM TODOS OS PRODUTOS DO SITE DA PROZIS

Fonte: BoxlifeMagazine

VEJA TAMBÉM
loading...

Deixar uma resposta