Tão eficaz na sua simplicidade, a prancha é um excelente exercício para fortalecer o core. Existem muitos exercícios excelentes para aumentar a força do core, tais como overhead squats, deadlifts, hollow rocks, l sits e squats. Adicionar diferentes variações de prancha no treino, ajudará a atacar sua linha média de novos ângulos. A força do core ajuda a:

  • Evitar lesões
  • Estabilizar a coluna
  • Controlar e gerar força de uma forma mais efetiva
  • Estabilizar o movimento

De seguida, irei lhe mostrar 7 tipos de variações de exercícios de prancha para incluir no seu treino, exercícios que o ajudará a construir um core de aço!

7 Tipos de Prancha

1 – Prancha de glúteos

Também conhecida como ponte dos glúteos, esta variação foca-se mais em trabalhar os músculos traseiros do core, glúteos, isquiotibiais e região lombar. Comece numa posição deitado de costas, dobre os joelhos a um ângulo de 90 graus, mantendo as costas completamente paralelas ao chão. Eleve as costas e glúteos do chão, tenha em atenção que deve tentar realizar um ângulo reto desde os ombros até aos joelhos, e nunca fazer um arco.

2 – Prancha Lateral

Comece deitado de lado. Empurre-se contra o antebraço e a lateral dos pés, para que o seu corpo fique paralelo a uma parede. Certifique-se de que os dois pés estejam diretamente em cima um do outro. Lentamente, levante as ancas do chão e aperte os músculos oblíquos até que seu corpo esteja perfeitamente reto. Evite deixar os ombros rolarem ou torcerem.

3 – Prancha com apoio no antebraço

Este exercício é basicamente uma prancha normal, só que tem a variação de apoiar os antebraços no chão por alguns segundos. É também um ótimo exercício para trabalhar também a força no antebraço.

4 – Prancha em modo “avião”

Comece numa posição de prancha normal com os antebraços apoiados.  Levante o braço e a perna opostos até ficarem paralelos ao chão, aguente a posição por alguns segundos, e posteriormente troque de lado.

5 – Prancha em andamento

Este é um exercício que bem feito é um pouco dinâmico, não me vou alongar muito em explicações, veja o vídeo que se segue para ver como fazer esta variação de prancha.

6 – Prancha de costas

Sente-se no chão com as pernas estendidas à sua frente. Coloque as palmas das mãos, com os dedos bem abertos, no chão, um pouco atrás e fora da linha das ancas. Pressione as palmas das mãos e levante as ancas e o tronco em direção ao teto. Olhe para o teto, aponte os dedos dos pés e mantenha os braços e as pernas retos. Mantenha todo o corpo forte e forma uma linha reta da cabeça aos calcanhares. Aperte o core e tente puxar o umbigo de volta para a coluna. Se as ancas cederem ou caírem, volte novamente à posição inicial deitado no chão.

7 – Prancha com peso

Comece na posição de prancha de antebraços, se leu com atenção o artigo, falei nessa posição anteriormente. Posteriormente peça a um colega que lhe coloque um bumper (peso) nas costas. Aguente a posição por alguns segundos, se nunca fez esta variação, o melhor é colocar um bumper leve inicialmente.

Comece a fazer estas variações de prancha no seu treino, vai ver a sua força no core a melhorar a olhos vistos.

Fonte: BoxRox

Artigo anterior4 Exercícios Para os CrossFitters Desenvolverem Estabilidade Nos Ombros
Próximo artigo12 Tipos De Atletas Que Se Podem Encontrar Nas Boxes De CrossFit

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui