Atleta Juiz e Aficionado de CrossFit

Como Começou?

 Para mim começou quando vi um resumo dos Crossfit Games em 2010. Nesse momento procurei pelo Porto um local onde pudesse experimentar, mas o único local que encontrei apenas dava aulas de grupo, ótimas para geriatria ou sedentarismo! Não foram capazes de despertar em mim a sensação que tive ao ver os vídeos.

 A procura continuou até que dei comigo na escola de PowerLifting do Sando Eusébio. Aí ele fez o que conseguiu para me mostrar o que poderia ser esse desporto que me andava a ganhar a curiosidade e sabem que mais? Mesmo sendo eu o único a “brincar” ao crossfit no meio de malta super forte, o bichinho criado ao ver os vídeos foi crescendo de um modo exponencial.

como-comecou

 Quero deixar aqui a primeira definição de Crossfit que ouvi: “É muita coisa e não é coisa nenhuma” by: Sandro Eusébio. Ainda hoje esta descrição faz sentido, não no modo de descrever a metodologia, mas sim pela minha dificuldade de traduzir a sensação que tenho ao viver esta modalidade. Não temos de a aceitar, mas eu gosto dela!!

 Ainda a ser treinado pelo Sandro participei na minha primeira prova, a primeira edição dos Promofit Games! Aí foi o consolidar do gosto pela modalidade, tudo foi brutal!! O esforço, a novidade, a dedicação…

 Desde essa competição nunca mais parei de estar lado a lado com esta modalidade que ocupa em mim um espaço gigante!!

 Neste momento sou atleta da Barra Norte Crossfit, onde tenho crescido como atleta de um modo considerável. Qualquer atleta já com algum tempo sabe o quão difícil é melhorar em alguns detalhes, mas aqui o trabalho tem sido constante de modo a afinar alguns pequenos detalhes que fazem uma grande diferença no dia de prova.

Na Barra Norte sou orientado pelo Marcelo Sartori a quem quero deixar uma palavra de apreço pela energia e tempo que ele me disponibiliza!

Hoje

 Hoje em dia o Crossfit, para mim, é bem mais do que competir!! Adoro fazer parte do espetáculo, não só como atleta, mas como juiz ou até com um simples par de mãos disponível para ajudar no que for preciso.

 Atenção, claro o objetivo número 1 é sempre competir e chegar ao fim-de-semana final, mas nem sempre é possível e nesses momentos faço questão de estar presente na mesma e contribuir para o espetáculo.

 Trago para fora da box, ou das competições, a dedicação e foco nos objetivos. Seja na minha vida pessoal ou profissional nunca baixo os braços face a uma adversidade! Se já era assim antes? Sim, sempre fui teimoso! Mas hoje tenho certeza que esta atitude me descreve e que a vejo cimentada de um modo positivo, resultado da atitude que a modalidade despoleta em mim

juiz

O Crossfit Hoje

 Continuo a fazer amizades, mas sejamos sinceros… Estamos longe da utopia que pintam face ao espírito de comunidade! Não é culpa de ninguém, apenas de nós mesmos!

 Quando estou no meio da “comunidade” fico perplexo com a quantidade de os “atletas” usam… Com a falta de rigor e disciplina na execução da técnica, o que leva a lesões e também à má fama que o Crossfit por vezes tem.

 É neste sentido que a comunidade deixa muito a desejar… Comunidade não é um desfile de roupa, não são banhos de magnésio, não são sinfonias de barras a cair!!

 Comunidade é ver alguém com um dia mau e abdicar do pouco tempo disponível para treinar/fazer exercício e dedicar esse tempo a ouvir ou apenas existir ao lado dessa pessoa!

 Comunidade é sermos para os outros o que gostaríamos que eles fossem para nós, independentemente de o serem ou não.

 É respeitar o espaço comum! É deixar o espaço sem marcas da nossa presença – deixem suor, lágrimas, bocados de pele presos na rig… Não deixem é bumpers, barras, kilos de magnésio espalhados pela atmosfera…

 Esta comunidade que falamos existe mesmo??? Sim, apenas está tapada pela névoa do mediatismo que circunda esta “nova” modalidade.

O Crossfit Amanhã

  O grande objetivo é continuar a competir, fazer parte deste mundo do Crossfit e, uma das coisas que também me dá imenso prazer, partilhar a minha experiência e ajudar a malta mais “verde” a crescer dentro deste universo.

 Manter este espírito competitivo e fiel a mim mesmo, que é como quem diz – bater o pé sempre que achar que o devo fazer!! xD

ajudar-outros

 Aproveito para convidar todos a aparecerem na Barra Norte e fazerem um treino connosco!

 A todos os um bem haja!!

Por: Nuno Lima

loading...

Deixar uma resposta