Aumente a Força Muscular Fortalecendo o Sistema Nervoso

Todo o praticante de crossfit, por norma treina para evoluir quer em termos musculares (levantamento de pesos), quer em termos aeróbios (capacidade de resistência). Existem obviamente várias formas para ter essa evolução desejada, no que respeita ao treino e falando especificamente do treino de força, existem alguns truques que você pode fazer para potenciar o ganho de força muscular.

Squats

Muitos não conhecem, nem estão familiarizados com o termo “SAID” (Specific Adaptation to Imposed Demands), basicamente o princípio deste conceito, é que o corpo humano quando é sujeito a stress quer em termos biomecânicos, e neurológicos, arranja uma forma de se adaptar ao stress. Se quer ser melhor em alguma coisa, tem que fazer essa coisa vezes sem conta até ser melhor. Este é o princípio do conceito, que se aplica em quase tudo na nossa vida.

Como aumentar o ganho de força muscular com o conceito “SAID”

Conhecendo o princípio do conceito, pode-se concluir que quanto mais vezes fizer um determinado exercício, mais o seu corpo ganhará força, e se recuperará mais rápido desse esforço especifico. Muitos atletas já fazem os exercícios com um volume bastante elevado, pedindo para fazer ainda mais volume, obviamente correria o risco de entrar em overtraining, e sobrecarregar as articulações. E se houvesse uma maneira de reduzir o volume para fortalecer o sistema nervoso, e potenciar o ganho de força muscular, ao mesmo tempo que treina o movimento funcional e a técnica? Isso é possível!

Um método que pode utilizar, é realizar uma ou duas repetições (um numero pouco elevado) com cargas relativamente pesadas ,num determinado exercício diário, quando digo pesadas são cargas que não levem à falha mecânica do seu organismo. Nem que o levem descurar o aspeto técnico do movimento. Ou seja, faça com cargas pesadas mas que não seja o seu RM. Agora provavelmente está-se a perguntar, será que isto resulta?

Pegue-mos num exemplo prático os squats, fazer squats perto da carga máxima pode ser intimidante, ou mesmo perigoso, mas os benefícios podem ser enormes. No final do seu treino, assumindo que não realizou squats nesse mesmo treino, ou pelo menos não os realizou perto dos 90%, faça uma série de 2 ou 3 squats com a carga bem pesada. Como referi anteriormente não tem que ser perto do seu RM, o objetivo é sempre priorizar a técnica com cargas pesadas. É muito importante que tenha em conta a fadiga do treino, visto que está a fazer os squats depois do treino. A chave é manter pouco volume. Tenha em conta que se fizer algum aquecimento prévio, realize o menor número possível de repetições, a fim de preservar a energia para o exercício e evitar a fadiga muscular.

squat

Ao implementar este conceito no treino (SAID), estará a expor o seu sistema nervoso central a cargas pesadas com mais frequência, em teoria quanto mais frequente for a carga pesada dos exercícios, mais o seu corpo se adapta, fica mais forte, e recupera do esforço.  Fazendo uma série com cargas pesadas, (90%) após finalizar o treino não é tão crítico como possa parecer, e também vai ajudar a ganhar confiança para quando chegar a altura de melhor o seu RM do exercício.

Fonte: crossfitinvictus.com

loading...

Deixar uma resposta