Competitor´s Program – Um projeto que tem como objetivo elevar o nível do Crossfit em Portugal

O Competitor´s Program é um projeto que está quase a fazer um ano de vida, mas que apesar da sua “tenra idade” já começa a dar frutos no panorama do CrossFit nacional. Este programa surgiu porque dois amigos quiseram desenvolver um programa de treino mais virado para a competição, como nos conta o Artur Sayal numa pequena conversa que teve com o Planeta Crossfit.

Competitior´s Program

Conversa com o Artur Sayal sobre o Competitor´s Program

P.C – Como surgiu a ideia de criar o projeto e quem são os coachs envolvidos?

A.S – Este projecto surgiu de uma ideia de dois amigos/Coachs (Artur Sayal e Bruno Militão), é cada vez mais um dado adquirido que CrossFit e competição são dois mundos destintos e como tal achamos que faria todo o sentido criar um programa de treino focado em atletas de competição.

P.C – Qual é o principal objetivo do Competitor´s Program? 

A.S – O principal objetivo da Competitor’s Program é o de elevar o nível dos atletas em Portugal, com tudo o que daí se pode extrair. Não só da parte física mas também do focos dos atletas para passarem para um nível de compromisso superior. Não podemos esperar que o nível competitivo em Portugal acompanhe a evolução europeia e mundial sem que os atletas evoluam também.

P.C – Qualquer atleta pode fazer parte do Competitor´s Program, e quantos atletas estão inseridos até ao momento?

A.S – Quando analisamos os candidatos não estamos em primeira fase a ver se o atleta é bom ou menos bom… Queremos pessoas com vontade, compromisso e dedicadas a tudo o que a Competitor’s Program envolve. Neste momento temos 34 atletas, mas posso avançar que temos 10 candidatos em análise. É o reflexo dos resultados obtidos, não só resultados práticos de vitórias ou pódios alcançados, mas também da evolução de todos os atletas envolvidos no programa.

13023635_1014533455293600_809675009_n

P.C – O treino é desenvolvido mais a pensar na competição?

A.S – O treino é exclusivo para competição… Acredito que o mercado do CrossFit nacional possa estar a pedir outro tipo de programas, mas este é para quem quer competir, independentemente do nível a que pretendem competir, mas é uma palavra que está na génese da nossa marca.

P.C – Que objetivos têm para o futuro?

A.S – Nesta fase em que estamos prestes a fazer um ano, queremos solidificar a presença em todas as provas nacionais, Elite/Scaled/Master/Equipas/masculino/feminino, mas temos como objectivo participar em algumas provas no estrangeiro. Neste momento faltam os apoios que são essenciais para um atleta de CrossFit possa viajar para uma cidade europeia e ficar 2/3 dias num hotel onde possa comer e dormir nas condições que uma prova dessas exige. Temos tido bastante apoio a nível de material (Reebok/Cross And Run/RockTape) e recuperação física (Advanced Sports), mas esperamos que possam surgir mais apoios para uma modalidade, que posso dizer com factos, está a crescer muito. Bem sei que não é futebol, e quando assim é, pedir umas dezenas de euros parece um abuso, mas acredito que hajam empresas com vontade de apostar cada vez mais no CrossFit.

13023532_1014533435293602_764223256_n

Como o Artur Sayal referiu e muito bem, apesar da modalidade ter evoluído muito nestes últimos anos em Portugal, ainda temos um longo caminho a percorrer no que toca aos apoios para os atletas poderem evoluir ainda mais. Enfim o CrossFit sofre do mal que as outras modalidades todas sofrem em Portugal, com exceção do futebol como é óbvio. Esperemos que mais projetos como estes surjam, para que o nível do CrossFit Português dê um salto qualitativo ainda maior para que continuem a aparecer bom valores em Portugal.

loading...

Deixar uma resposta