Porquê que os CrossFitters devem treinar a Técnica de Corrida?

O CrossFit como já é sabido é uma modalidade que se baseia em movimentos funcionais, e tem por objetivo trabalhar todas as capacidades e habilidades do nosso organismo. Quem não conhece bem a modalidade associa o CrossFit só ao levantamento de pesos, o que todos nós sabemos que isso não é verdade. O CrossFit é muito mais do que só levantar barras com pesos, é uma modalidade que treina muito a parte cardiovascular, e uma das formas de a trabalhar é com a corrida.

reebok_women_stacie_tovar_crossfit_games_2

Pois é, a corrida para a maioria dos CrossFitters por razões mais ou menos óbvias pode ser bastante penosa e dolorosa, logo a maioria dos atletas não gostam de correr. Aposto que quando o wod tem corrida você também não acha piada nenhuma! Mas a corrida faz parte do treino e das competições, quem esteve atento aos CrossFit Games deste ano pode comprovar isso mesmo, alguns dos wods tiveram bastante corrida.

Muitos podem não saber, mas um atleta com uma boa técnica de corrida tem melhor performance que os que não a têm, especialmente quando a fadiga começa a tomar conta do corpo. Antes de praticar CrossFit pratiquei atletismo durante muitos anos (fui atleta de velocidade), por isso mesmo posso afirmar com toda a certeza que uma boa técnica de corrida faz toda a diferença. Não só no atletismo mas também no CrossFit, por isso mesmo este artigo tem como objetivo ajudar os Crossfitters a melhorarem um dos aspetos que menos gostam, que é a corrida.

Porquê que se deve treinar a técnica de corrida

Como referi anteriormente a técnica de corrida pode e deve ser treinada em todos os desportos e não só no atletismo, correr é uma capacidade física inerente a todo o ser humano é verdade, mas em termos biomecânicos a maioria dos atletas está longe de saber correr. Há uma celebre frase que muitos treinadores de atletismo dizem aos seus atletas iniciantes, que pouco ou nada sabem sobre técnica de corrida e que é a seguinte:

  Todos conseguem correr, mas poucos são os que sabem correr

Esta frase é a mais pura verdade, eu pude comprovar isso mesmo. A partir do momento que comecei a melhorar em termos técnicos, os meus tempos na velocidade começaram a melhorar bastante. Os atletas que têm uma boa técnica de corrida, ficam com passadas mais leves, começam a correr em ”economia de esforço” logo ficam com mais resistência à fadiga. De seguida vou-lhe apresentar alguns exercícios muito simples é básicos para você melhorar a sua técnica de corrida. São exercícios que eu fazia praticamente todo o ano quando treinava atletismo. Como é óbvio não pretendo que fique com a técnica apurada de um velocista, mas se melhorar a sua postura de braços, pernas, pés e tronco, vai fazer toda a diferença quando for correr.

Exercícios para melhorar a técnica de corrida

1 – Skipping baixo

O Skipping é um exercício que é conhecido pela maioria, mesmo os que pouco sabem de treino sabem mais ou menos o que é. Mas tem muito que se lhe diga em termos técnicos, eleve a perna alternadamente mas não muito alto. Neste exercício foque-se essencialmente na rapidez do movimento. A frequência de passada deve ser elevada, mantendo sempre os braços junto ao tronco, centro de gravidade alto e ponta do pé para cima, tronco sempre direito nunca inclinado para a frente ou para trás. Execute o movimento durante 20 a 25 metros,  4 a 5 vezes.

Skipping baixo 2

2 – Skipping alto

Este é um exercício muito semelhante ao anterior, a única diferença é que deve elevar a perna a um ângulo de 90º para tentar simular o que seria a sua postura correta de corrida. Dê atenção também à intensidade e à circulação da perna livre (perna que está em elevação). A restante técnica é igual ao anterior, braços junto ao tronco, centro de gravidade alto e ponta do pé para cima, tronco sempre direito nunca inclinado para a frente ou para trás. Execute o movimento durante 20 a 25 metros, a 4 a 5 vezes.

skipping alto

3 – Skipping atrás

Neste exercício o objetivo é fazer o skipping para trás e não para a frente como nos dois exercícios anteriores. Eleve bem o calcanhar até este bater nos glúteos, o objetivo é que o movimento seja rápido sem haver rotação da perna. Mantenha o tronco sempre direito, a tendência neste exercício é colocar o tronco ligeiramente inclinado para a frente, tente contrariar essa posição. Braços sempre junto ao tronco. Execute o movimento durante 20 a 25 metros, a 4 a 5 vezes.

skipping atrás

4 – Skipping tibiotársico

Com o tronco sempre direito e não inclinado para trás, avance no solo com corrida saltada apenas com a rotação do pé empurrando o chão para a frente, as pernas devem estar sempre esticadas e a ponta do pé para cima. Execute o movimento durante 20 a 25 metros, a 4 a 5 vezes.

Skipping tibiotarsico

5 – Steps ou corrida saltada

Corra mas de uma forma saltada, ou seja avançando no solo saltando de perna para perna. Na fase de voo tente manter sempre o joelho a um ângulo de 90º graus com a ponta do pé sempre a apontar para cima. o impacto no solo deve ser o mais leve e demorar o menos tempo possível, faça a rotação do pé no solo “empurrando” para a frente e para cima o seu apoio. Tenha em atenção a postura do tronco e braços. Execute o exercício durante 20 ou 30 metros, 4 a 5 vezes.

Steps 1

Os exercícios em cima são os mais básicos para se treinar a técnica de corrida, são exercícios aplicáveis para todos os desportistas mesmo para os CrossFittrers. Perca algum do seu tempo a treinar a sua técnica de corrida e acredite que não se vai arrepender. De seguida pode ver um vídeo sobre técnica de corrida para ter uma noção mais exata de como se executam os exercícios em cima.

ARTIGO PATROCINADO POR XCORE NUTRITION
CLIQUE NO SEGUINTE LINK: prozis.com/1sMq
E UTILIZE O CUPÃO: PLANETAC
PARA OBTER 10% DE DESCONTO EM TODOS OS PRODUTOS DO SITE DA PROZIS

loading...

Deixar uma resposta