6 Progressões para quem quer Dominar o Ring Muscle Up

O Ring Muscle Up é daqueles movimentos de ginástica que muitos têm alguma dificuldade em dominar, já tive a oportunidade de escrever um artigo sobre como fazer o movimento e toda a sua dinâmica. Desta vez vou-lhe falar um pouco sobre algumas progressões importantes para ajudar a dominar este exercício que pode ser bastante complicado.

A maioria dos atletas com algum tempo de treino consegue fazer squats e deadlift com alguma carga, os pull ups saem naturalmente entre outros exercícios. Mas quando chega à altura de progredir para o patamar seguinte muitos ficam “presos” por um ou por outro motivo. Naturalmente começam a se perguntar porquê? Então quando vêm atletas com menos tempo de Crossfit a executar o movimento, ou atletas mais fracos em termos físicos a dominarem o Ring Muscle Up, a duvida começa logo a surgir na cabeça “Porquê que eu não consigo? Pode ser por vários motivos como é óbvio, mas para mim o principal motivo que separa o sucesso do insucesso no movimento, é a técnica e a prática.

Por isso mesmo deixo aqui algumas dicas de progressões para fazer e mais tarde dominar o Ring Muscle Up, se já o domina é sempre bom fazer estas progressões para não esquecer a técnica.

6 Progressões para dominar o Ring Muscle Up

  1. False grip rows
  2. Legless rope climbs
  3. Russian dips
  4. Baby muscle up
  5. Negative muscle up
  6. L-sit lift off

1 – False Grip Rows

Nunca se esqueça que a posição inicial é sempre a chave, os alongamentos dos pulsos numa posição flexionada e estendida, devem ser treinados diariamente para não ter problemas com o False Grip. Treinar o pull com os pulsos na posição de False Grip é fundamental ou não conseguirá executar o movimento. São os pulsos que dão toda a vantagem na parte inicial do movimento, como vai poder ver no vídeo que se segue.

2 – Legless Rope Climbs

O Legless Rope Climb é um dos melhores exercícios para se trabalhar o pull e ganhar força no Grip, se o consegue fazer ótimo suba algumas vezes à corda sem a ajuda dos pés e na descida tente descer devagar. Se não o consegue fazer como é óbvio tem sempre a opção scaled, sente-se no chão com a corda entre as pernas pega na mesma um pouco mais acima puxe esta contra o peito e eleve-se do chão. A descida tem que ser feita com os braços esticados e o mais lento possível.

3 – Russian Dips

A transição é parte mais complicada de se executar no Ring Muscle Up, é normalmente nesta parte que a maioria das pessoas sente mais dificuldade. O Russian Dip é a progressão perfeita para se concentrar só na parte da transição, mais uma vez aqui a lentidão no movimento é a chave. Este movimento consiste em movimentar o corpo como um só, com o foco nos cotovelos apoiados na caixa e posteriormente elevar o corpo, como se fizesse a transição no Ring Muscle Up.

4 – Baby Muscle Up

Esta progressão consiste em executar o movimento todo com os pés ligeiramente apoiados no chão para dar algum apoio. Tente colocar apenas as pontas dos dedos no chão e não a planta do pé, mantenha as argolas perto de si e divida o movimento em 3 partes:

  1. Faça a puxada para o peito
  2. Transição
  3. Pressione, sinta a mudança de peso nas mãos e certifique-se de manter o false grip.

Quanto mais altas estiverem as argolas mais desafiante será o exercício.

5 – Negative Muscle Up

Esta progressão á parecida com a anterior e consiste em executar também o movimento na sua totalidade, mas ao contrário. Faça o movimento com calma e tente ter a perceção do onde está o peso corporal durante as várias etapas. Não vou explicar a dinâmica da progressão apenas veja o vídeo que se segue para ver como se executa.

6 – L-sit Lift Off

Esta progressão consiste em partir do chão com a pega nas argolas em false grip como é óbvio, e dar um impulso com os calcanhares passar para a posição de L-sit como se tivesse pendurado numa barra e posteriormente finalizar o movimento como no Baby Muscle Up.

Treine estas progressões regularmente, e vai que não tarde o Ring Muscle Up deixa se ser um movimento que acha quase impossível de conseguir. Se já o executa com facilidade treine na mesma para o movimento ser cada vez mais fluído.

Fonte: BoxRox

loading...

Deixar uma resposta