Olá malta forte!

Sou o Carlos Moreira, tenho 28 anos e alguns cabelos brancos🙂. Militar da GNR de profissão e sou de Felgueiras.   

Desde sempre fui muito ativo, uma criança que pouco parava em casa e que gostava era de brincar na rua, conviver e aprender com os outros miúdos.

Com 12 anos comecei a jogar futebol num clube amador. Aos 14 estava a jogar nos séniores de um clube popular (para quem conhece sabe que é bastante

durinho 🙂 ) . Com 18 anos terminei a minha curta experiência no futebol, após alguns anos num clube federado. Nessa altura entro na universidade, mas por motivos pessoais desisti do curso na área de saúde. Valeu a curta experiência!

Depois do futebol tinha que procurar alguma coisa para me manter ativo e comecei a correr. Corria 5/6 vezes por semana, uma coisa louca na altura para mim. Fazia cerca de 20km e o meu corpo não estava preparado para tanta intensidade.

Durante esse período decidi ingressar na GNR!

Comecei a treinar num ginásio a fim de me preparar para as provas e foi aí que me foi apresentado o crossfit, através de um PT no ginásio. Ele estava a treinar para competir em Guimarães, na altura a 1.ª prova de crossfit. Mostrou-me uns vídeos malucos (diga-se na altura) do Froning e do Khalipa e o bichinho começou a surgir.

Com 19 anos comecei o curso da GNR em Portalegre. Após estágio em 2013 fui colocado em Almada. Nova vida, longe do meu “mundo” onde cresci a todos os níveis.

Obviamente fui procurar uma Box em Lisboa. Treinei no Crossfit Restelo durante 1 ano. Mudei para a Crossfit Almada quando esta abriu. Conheci pessoas fantásticas com as quais ainda mantenho grande ligação. Sentia-me em casa pela grande comunidade destas duas casas, que sempre me acolheram bem e me ajudaram no percurso, das melhores coisas que o crossfit me deu!

Em 2016 fui colocado no Norte. Treinei quase sempre numa Box em Felgueiras e maioritariamente na Cidade Berço – The Box, fantástica casa, que aconselho toda a gente a visitar (quando tiverem oportunidade e assim for possível) liderada por pessoas ainda mais fantásticas.

Nunca foi fácil mas a minha vontade sempre prevaleceu e sempre me motivaram a continuar mesmo quando, em 2017 a minha vida dá outra volta e piora um pouco mais. Fui colocado a 65km de casa. Ia e vinha todos os dias, um desgaste físico enorme pelos horários completamente malucos do trabalho (turnos completamente desregulados sem saber o turno dia seguinte), pelas horas de viagem e falta de descanso. Com imensas limitações e sem Box para treinar.

Mesmo assim participei em algumas competições, quando o meu corpo e/ou o trabalho deixavam. Um exemplo, em 2017 fiz o apuramento presencial no Portuguese Showdown, ficando em 10.º lugar. No entanto por compromissos profissionais (não conseguindo sequer trocas) tive de abandonar a competição, não podendo estar presente no dia seguinte.

No decorrer deste caminho começam a surgir as lesões, quase sempre no período pré competição. Várias cirurgias (só em 2018 foram 3), mas nunca baixei a cabeça! Aliás decidi levar ainda mais a sério, ser seguido por excelentes profissionais que me ajudaram ainda mais no meu caminho.

Quer a nível de alimentação, quer de programação individualizada, que sem dúvida fizeram toda a diferença!

Procuro acompanhamento nutricional, com o enorme Dr. António Pedro Mendes e de coaching com o grande Renato Costa (RcTraining).

Após uma das cirurgias, que foi a mais complicada e quando toda a gente pensava que ia deixar de treinar, no ano seguinte estava a fazer um Back Squat com 190kg.

 

O limite está na nossa cabeça! Temos que em segurança, procurar sempre atingi-lo e ir mais além.

Uma das coisas que mais me motiva é poder mostrar que sim, é possível! Apesar dos entraves ou complicações que possam surgir. Acima de tudo gosto de motivar pessoas a mexerem-se e deixar o sedentarismo.

Perante isto nunca fiz um Open em condições normais. Fico a aguardar por essa oportunidade.

Em 2019 resolvo concorrer a uma especialidade da GNR. Foram 3 meses de curso (duros), com muita aprendizagem e onde mais uma vez o crossfit ficou completamente de lado.

Sou colocado na especialidade da Unidade de Emergência Proteção e Socorro, onde faço parte de uma equipa helitransportada de combate a incêndios.

No verão trabalho 12h por dia! Agora é só fazerem contas ao tempo que sobra para treinar e onde.

Por isso, sem dúvida que aqui tenho de agradecer ao grande Miguel Lopes, que me abre a porta da sua garagem a qualquer hora para treinar.

No primeiro verão de trabalho, diga-se verdadeiramente intenso e duro, após a especialização (Março a Maio) e sem qualquer tempo de treino, em Setembro participo no CalisCross Games.

Nada preparado, participei com o objetivo de poder avaliar em que forma estava, sentir o ritmo de uma boa competição e também conviver com a malta.

Mais uma vez o limite está na nossa cabeça, porque sem estar de todo à espera, consegui o pódio e o meu melhor resultado numa prova crossfit.

Em 2020 mantendo-me longe de casa e sem Box para treinar, decido tirar o L1 Trainer Course e desenvolver competências mais técnicas. Surge também a pandemia devido ao Covid-19, muitas mudanças no crossfit e provas suspensas.

Dedico-me então no decorrer do último ano a pesquisar mais, estudar bastante. Sempre gostei de ensinar e ver os outros obterem bons resultados (através dos conhecimentos que tenho, dicas e ou opiniões que possa dar). Sempre gostei também de propor metas, analisar wods e resultados dos outros atletas que treinam comigo.

Em paralelo defini outro objetivo pessoal, fazer uma prova de triatlo Iron Man!

Já havia pensado nisto antes e agora acho que é a melhor altura. Fiquem atentos!

O Open vai ter de ficar para quando for Master com ainda mais cabelos

brancos, eheheh🙂 

Para finalizar, agradecer a quem leu esta pequena crónica sobre mim e claro agradecer a todos que, desportiva e profissionalmente me ajudam e acompanham neste humilde caminho, eles sabem quem são!

Até breve,

Carlos Moreira

Artigo anteriorEnquanto Houver Disposição Haverá Crossfit! 
Próximo artigoVamos Falar Sobre Cafeína!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui