Quem pratica Crossfit há já algum tempo sabe que uma das coisas que mais se treina e que é fundamental é a mobilidade, é uma das habilidades que os Crossfitters mais precisam para melhorar a sua performance. Não é a toa que é uma das coisas que mais se treina nas boxs. Já tive a oportunidade de escrever um artigo sobre os benefícios da mobilidade nos Crossfitters, se não leu convido-o a ler.

Overhead Squat

Desta vez este artigo vai ter como objetivo dar-lhe a conhecer os melhores exercícios de mobilidade para você trabalhar na sua box.

Rotação dos ombros

Os ombros é uma articulação que muitos alunos têm muito “presa”, logo vão ter mais dificuldades em fazer alguns exercícios que solicitem essa parte do corpo. Por isso mesmo o vídeo que se segue dá o exemplo de alguns exercícios que você deve fazer para melhorar a mobilidade dos ombros. Mantenha as posições por cerca de um minuto e meio, mas tenha em atenção para não forçar demais a articulação. A ideia é ir até onde for difícil e não forçar demais.

Membros inferiores

Muita gente acha (quem tem pouca informação e bases de treino) que só se deve trabalhar a mobilidade do “trem” superior, afinal são os braços que pegam nas barras e as levantam. Obviamente que isto está ERRADO! Mas o que se esquecem é que são as pernas e o core que suportam todo o peso nos exercícios, o peso corporal mais o peso que tem na barra. Por isso mesmo trabalhar a mobilidade do “trem” inferior torna-se ainda mais fundamental para melhorar nos variadíssimos exercícios. O vídeo que se segue mostra alguns exercícios para trabalhar as pernas.

Ancas e joelhos

As ancas e os joelhos devem merecer de sua parte uma atenção especial, pois são eles que interligam as diferentes partes do corpo. São peça fundamental no organismo, se não tiverem boa mobilidade dificilmente você conseguirá realizar bem os variadíssimos exercícios do Crossfit. Os vídeos que seguem mostram alguns exercícios para trabalhar bem as ancas e e os joelhos.

Sim é óbvio que por vezes não tem tempo para realizar todos os exercícios dos vídeos, mas isso não é desculpa para não os fazer. Depois da aula pode sempre realizar alguns deles, ou se chegar à box 10 a 15 minutos antes da aula pode sempre trabalhar alguns deles. Num dia trabalha um grupo específico, e no outro dia outro. Ou nos dias que tem menos tempo foque-se apenas no grupo articular que você mais precisa de trabalhar. Se não souber qual é o grupo articular que tem menos amplitude de movimento, fale com o seu coach, ele melhor que ninguém sabe as dificuldades dos seus alunos. E como é óbvio pode também lhe indicar e supervisionar os exercícios para ver se você os está a fazer corretamente.

Fonte: Crossfit High Pulse

Deixar uma resposta