Recentemente a marca CrossFit tem feito muitas mudanças, que tem sido do desagrado de muitos atletas, e box´s de CrossFit. Temos o exemplo do modelo dos CrossFit Games do ano passado, que não agradou à maioria dos atletas, entre outras posições que tem tomado.

Há algum tempo atrás, tive a oportunidade de escrever um artigo aqui no blogue, sobre a parceria da Reebok e a CrossFit estar por um fio. Não demorou muito a acontecer, recentemente a Reebok anunciou o fim da parceria com a CrossFit, devido a um comentário considerado racista que Greg Glassman CEO da CrossFit fez no Twitter. Num post do Institute for Health Metrics and Evaluation.

Este comentário foi considerado racista por muitos utilizadores do Twitter.

As desculpas de nada valeram, porque a Reebok tomou a decisão de acabar com a parceria.

 “A Nossa parceria com o CrossFit HQ termina no final deste ano. Recentemente, estivemos em discussões sobre um novo acordo, no entanto, à luz de eventos recentes, tomamos a decisão de encerrar a nossa parceria com o CrossFit HQ ”, afirmou a Reebok em comunicado enviado à FN por e-mail. “Cumpriremos as nossas obrigações contratuais remanescentes em 2020. Devemos isso aos concorrentes, fãs e à comunidade dos CrossFit Games

O comentário de Glassman, teve a ver com o recente episódio da morte do Norte Americano George Floyd, e também da pandemia do Covid 19. Glassman escreveu “It’s FLOYD-19.”

Muitas box´s de CrossFit já cancelaram a sua filiação à marca devido a este episódio, será que o CEO da CrossFit está a “matar” a marca aos poucos? Será o fim anunciado da marca CrossFit? Deixe a sua opinião nos comentários deste artigo!

Deixar uma resposta