Porquê que é Importante ter Mobilidade nos Pulsos e Trabalha-la?

Já tenho escrito aqui no blogue alguns artigos sobre a importância de trabalhar a mobilidade, a mobilidade é das coisas mais importantes no Crossfit. Sem mobilidade, fica mais difícil executar alguns movimentos na perfeição. Já falei aqui no blogue sobre a importância da mobilidade da anca, do tornozelo, agora vou falar um pouco da importância de ter boa mobilidade nos pulsos.

Porquê que é importante ter mobilidade nos pulsos?

Sente dificuldade e dor nos pulsos na posição de front rack? Ou quando faz kettlebell swing, ou quando eleva a barra acima da cabeça com cargas relativamente elevadas? Pois é, estas dores por norma aparecem quando se tem pouca mobilidade nos pulsos, por norma quase todos os atletas de crossfit já tiveram dores nos pulsos. Por isso mesmo, é que muitos atletas utilizam proteções de pulso, quando fazem treinos com cargas elevadas. A quantidade de stress e tensão, que é colocada nos pulsos quando se eleva cargas pesadas é enorme

Pode criar muita dor, e quando combinada com a falta de atenção à flexibilidade da articulação (quem tem trabalho de escritório, que está sentado ao computador o dia todo ainda é pior), pode levar rapidamente a uma mobilidade de pulso fraca. Leva também a uma incapacidade de atingir uma posição de front rack natural, limitando a mobilidade do pulso em muitos movimentos. Muitas vezes esquecemo-nos de como os pulsos são importantes, e trabalha-se mais a mobilidade em outras articulações e tendões.

A articulação do pulso

Os pulsos são uma articulação complexa cheia de osso, ligamentos, tecido conjuntivo, músculos e nervos. Também possui múltiplos intervalos de movimento-flexão e extensão (movendo a palma para trás ou para frente em relação ao antebraço), adução e abdução (movendo a mão de um lado para o outro). Comparando por exemplo com a articulação do joelho, que só tem flexão e extensão, a gama de movimentos do pulso é maior! Também marca a área de transição entre o antebraço e a mão, o que pode afetar de forma significativa o seu grip.

Outra coisa a considerar é que, se não tivermos mobilidade no pulso, tentaremos compensar este défice com os ombros e cotovelos. Por outro lado, se não tivermos mobilidade no ombro, tentaremos compensar com os cotovelo e pulsos. Portanto também é importante que se foque na mobilidade dos ombros, porque estão interligados. Portanto focar-se só na mobilidade dos pulsos, pode ser prejudicial para os ombros. Por exemplo na fase de receção do clean, precisamos de extensão adequada do pulso, pronação do antebraço e rotação externa do ombro, para permitir receber a barra na frente dos ombros e pontas dos dedos.  Quem tem boa mobilidade nos pulsos consegue um grip forte na barra, com os cotovelos altos e a barra apoiada nos ombros. No entanto, quando se faz clean (and jerk) com cargas bastante pesadas isso é muito difícil de acontecer.

É por isso que se vê os atletas olímpicos de weightlifting a reajustar a barra nos ombros, fazendo com que esta dê pequenos “saltos” até reajustarem o grip para posteriormente fazerem o jerk. Se os pulsos são rígidos ou fracos, isso colocará um stress adicional nas estruturas da articulação e na frente do antebraço. Como tal, precisamos abordar estes dois elementos (mobilidade e força do pulso) através de exercícios e alongamentos adequados.

Exercícios de mobilidade / força do pulso

Para ter uns pulsos saudáveis, há que referir que também é importante executar os exercícios com a técnica adequada como é óbvio. Ter uma boa técnica nos exercícios pode colmatar um pouco a falta de mobilidade, o que não quer dizer que mesmo com a técnica “perfeita”, não deva trabalhar a mobilidade. Como é óbvio, por vezes não temos tempo para fazer tudo o que queremos nas aulas. Ou em open box, devido à sociedade atual em que vivemos que anda sempre tudo a “mil” à hora, não temos tempo para fazer um monte de coisas de importância vital! Por isso mesma veja o vídeo que se segue, onde pode ver alguns exemplos muito simples e rápidos de exercícios, para trabalhar a mobilidade. Antes ou depois das aulas.

Fonte: Boxlife

loading...

Deixar uma resposta